RDI Blog Brasil A essência do Design está na Experimentação

O Mundo de Tim Burton

Via Hypesess © Letícia Godoy/MIS

Via Hypesess © Letícia Godoy/MIS

A exposição “O Mundo de Tim Burton”, realizada pelo Museu da Imagem e do Som em São Paulo, foi prorrogada até o dia 05/06/2016. Pela primeira vez na América Latina, a exposição apresenta cerca de 500 trabalhos desse profissional genial, desde desenhos de infância até referências de sua consolidada carreira como diretor . A mostra traz também, projetos não realizados e esboços nunca ou raramente vistos, que revelam seu lado de artista, ilustrador, fotógrafo e escritor.

Via Hypesess © Letícia Godoy/MIS

Via Hypesess © Letícia Godoy/MIS

Segundo o site Arqbacana, a agência Caselúdico aceitou o desafio de explorar a genialidade do processo criativo de Tim Burton para desenvolver o projeto cenográfico do espaço que se tornou um verdadeiro parque de diversões para cinéfilos, instigando o lado criativo dos visitantes.

A exposição foi dividida em alas com os temas: Felicidade, Humor, Terror, Felicidade, Melancolia, Encantamento e Filmografia. A ala da Felicidade pode ser acessada pela escada ou por um inusitado escorregador.

O cineasta, que esteve no Brasil em fevereiro para a abertura da mostra,  comentou sobre as mudanças realizadas pelo MIS: “Criaram uma casa de diversões bizarra. É a primeira vez que vejo um escorregador dentro da mostra. Agora quero em todas! Foi uma experiência incrível”, ressaltou.

Para mais informações: http://www.mis-sp.org.br/icox/icox.php?mdl=mis&op=programacao_interna&id_event=1995

Making of

Via Hypesess © Brunella Nunes

Via Hypesess © Brunella Nunes

Via Hypesess © Letícia Godoy/MIS

Via Hypesess © Letícia Godoy/MIS

 

Deixe um comentário

A primeira loja física da Natura no Brasil

Via Vogue Brasil

Via Vogue Brasil

Com perfil sustentável, o projeto assinado pelo arquiteto Ricardo Campos do escritório Santa Irreverência, marca a estreia da Natura como loja física. A loja com 68 m², localizada no Morumbi Shopping em São Paulo, foi inaugurada no mês passado.

O espaço foi desenvolvido para ser um ambiente clean e de experimentação. Os produtos são expostos de forma que o cliente se sinta realmente convidado a experimentá-los.  O Visual Merchandising ficou por conta da Vimer.

“Montamos dois modelos de lojas em nossa sede e convidamos cerca de 500 consumidores para conhecer, comprar e nos contar como foram suas experiências. Buscávamos um ambiente em que as pessoas se sentissem à vontade para experimentar os produtos e vivenciar os valores da marca”, comenta Andrea Eboli, diretora de marketing da Natura.

Via Vogue NATURA (2)

Via Vogue Brasil

A sustentabilidade, ponto forte da marca, está presente nos materiais da loja. Por exemplo, o piso foi feito com madeira de demolição de casas do Sul do Brasil e a madeira das paredes foi reutilizada a partir do trabalho de artistas plásticos mineiros. A iluminação do ambiente conta com  lâmpadas LED de alto desempenho, produto que se torna mais econômico a longo prazo. ”A sustentabilidade vai ser uma premissa, por isso estamos indo devagar, precisamos entender como replicar isso”, explicou Eboli.

Via Vogue NATURA (3)

Via Vogue Brasil

Deixe um comentário

RDI Brasil + ABF parceria de Sucesso

RDI Brasil + ABF parceria de Sucesso

No último dia 12 de Maio de 2016 , nosso Presidente George Homer e nosso Vice-Presidente Manoel Alves Lima, se reuniram com a presidência da ABF (Associação Brasileira de Franchising) representada pela Diretora de Comunicação e Marketing Keller de Paula e pela Gerente de Marketing Fernanda Sabino, para iniciar o processo de renovação do contrato de parceria RDI Brasil e ABF, firmado em 2008.

Durante esse período, organizamos e participamos da produção de concursos, marcamos nossa presença no principal evento do segmento que é a feira ABF Franchising Expo com um stand e na Convenção Anual, onde mantemos um animado lounge. Além disso, também somos responsáveis pela área de Conteúdo e Design da Associação, pela premiação do melhor stand da feira e pelo prêmio ABF + RDI Brasil, a ser entregue no primeiro dia da feira.

Manteremos e ampliaremos essa parceria de sucesso com várias iniciativas durante o ano.

Deixe um comentário

Abertas inscrições para o Prêmio POPAI Brasil 2016

Prêmio POPAI Brasil 2016

Tradicional premiação do Índio apresenta novidades em sua 16ª edição

Estão abertas as inscrições para o Prêmio POPAI Brasil 2016, edição nacional promovida pela Associação Brasileira de Marketing no Ponto de Venda/POPAI Brasil, única premiação que reconhece os mais originais e eficazes projetos de visual de merchandising, ações promocionais no PDP e arquitetura comercial.

Neste ano, em sua 16ª edição, a versão brasileira da premiação apresenta novidades, como ser realizada simultaneamente à programação da Brazil Promotion – Live Marketing and Retail, que acontecerá de 2 a 4 de agosto, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. A feira reúne cerca de 240 fornecedores, recebeu mais de 12 mil visitantes em 2015 e traz as principais novidades e lançamentos em produtos, serviços e soluções para o merchandising no ponto de venda.

Além dos tradicionais Índios de Ouro, Prata e Bronze, neste ano será promovido pela primeira vez o Prêmio POPAI Brasil 2016 – Voto Popular. Julgado pelo público visitante da exposição (das 13h do dia 02 de agosto às 15h do dia 03 de agosto), cada pessoa terá direito a um único voto por CPF, feito em totem com tablet. A solenidade de premiação acontecerá às 17h do dia 3 de agosto. Na edição 2015 da premiação, foram efetuadas 77 inscrições, de 30 agências/empresas diferentes, e entregues 22 Índios de Ouro, 23 de Prata e 17 de Bronze.

Ainda em paralelo, o POPAI Brasil promoverá o SIM Varejo 2016-Seminário Internacional de Marketing, cuja programação será divulgada em breve. Também será lançado um produto que faz parte do expertise do POPAI Brasil: visitas técnicas, que serão realizadas no período da manhã durante o evento.

Para o presidente da POPAI-Brasil para a gestão 2015-2016, Zeh Henrique Rodrigues, a proposta é trazer novidades a cada ano, reforçando a importância da premiação no cenário nacional. “A participação na Brazil Promotion, o Voto Popular e as visitas técnicas mostram que estamos pensando no mercado e em levar aos participantes da premiação experiências positivas que reflitam no desenvolvimento do varejo nacional”, comenta.

A análise das peças inscritas no Prêmio POPAI Brasil 2016 será online e feita por um prestigiado painel de jurados, composto por empresários e executivos de indústrias de bens de consumo, varejistas, representantes de agências e publicidade, promoção, trade marketing e merchandising, fornecedores de materiais promocionais para o PDV, escritórios de arquitetura e acadêmicos brasileiros e do exterior. As categorias de inscrição são: Displays e Peças de Merchandising, Projetos Especiais, Trade e Ambientação de PDV, Campanhas Promocionais e Projetos para Design de Loja.

Até o dia 13 de maio, as inscrições para concorrer aos tradicionais Índios de Ouro, Prata e Bronze e, agora, ao Voto Popular, terão valor especial: R$ 430 (associado) e R$ 775 (não associado). Do dia 14.05 a 10.06 (prazo final de inscrição), os valores são: R$ 525 (associado) e R$ 950 (não associado). Os descontos também variam de acordo com a quantidade de peças inscritas: de 5 a 10 peças (5%), de 11 a 20 peças (10%) e a partir de 21 peças (15%). Podem concorrer profissionais de todo o país. A cerimônia de entrega da premiação será realizada no dia 3 de agosto, a partir das 17h, no Transamérica Expo Center, em São Paulo (SP).

Mais informações: http://www.popaibr.org.br/premio2016

Deixe um comentário

As novas oportunidades e mudanças no setor supermercadista

A nova geração de consumidores e a incerteza da economia brasileira está transformando o hábito de consumo e, juntamente, o setor supermercadista.

A feira APAS 2016 (Associação Paulista de Supermercados), realizada no início de maio, apresentou novas oportunidades que estão transformando o varejo. A feira é reconhecida mundialmente como a maior feira supermercadista da atualidade com mais de 70 mil inscritos.

Via JCNET

Via JCNET

Orgânicos

Os hábitos alimentares dos consumidores mudam constantemente. O fato sobre esse efeito é a grande mudança no cenário social, cultural e comportamental que ocorre em grande velocidade com o avanço da tecnologia. No caso do setor supermercadista, os produtos alimentícios, diferentemente dos produtos eletrônicos ou de vestuário, são mais delicados pelo fato de envolver a saúde, paladar e a confiança do cliente. A alimentação saudável ganhou espaço nos últimos tempos, e os consumidores estão se informando sobre a origem dos alimentos. Essa nova geração está cada vez mais disseminando o hábito de consumir produtos orgânicos.

O Projeto Organics Brasil, contou com estande conceito de produtos orgânicos na APAS 2016, realizado com 20 empresas do seguimento. Muitos supermercadistas do Norte e Nordeste marcaram presença no estande com interesse em montar nichos de orgânicos em suas lojas.

Via Organics News Brasil

Via Organics News Brasil

A popularização da cozinha gourmet valorizou os produtos customizados de qualidade ou segmentados, que atraem cada vez mais os consumidores.

Sustentabilidade

A sustentabilidade é outro grande ponto positivo para os consumidores que se preocupam com essa iniciativa nas empresas. A preocupação com a sustentabilidade deixou de ser uma segunda opção para se tornar uma opção mais valiosa. Por exemplo, a cerveja e outras bebidas de embalagens retornáveis, apresentadas na APAS 2016, foram um progresso em relação a esse tema. “Isso garante a sustentabilidade e uma oportunidade para o varejo e que vem de encontro com o desejo do consumidor preocupado com o futuro sustentável.’, revela Daniel Mota, gerente nacional de Trade Marketing da AMBEV.

Visual Merchandising

No auditório temático “Marketing e Consumidor” do Congresso de Gestão APAS 2016. George Homer, presidente do RDI Brasil e da GH Consultoria, especializada em ambientes de varejo, destacou o papel do visual merchandising na contribuição conferida ao supermercadista.

Considerando que 90% da percepção do consumidor dentro da loja é visual, o consumidor tem de estar bem direcionado para onde ir, o que procurar, o que levar e etc. Segundo Homer, “Visual merchandising não é apenas visual bonito, é uma ciência usada como ferramenta para aumentar a performance e as vendas das lojas. [...] Ela possui diversas ferramentas para avaliar a melhor forma de expor os produtos de modo a criar experiências que valorizem as mercadorias e estimulem a compra.”. Destacou também que a principal função do visual merchandising é valorizar o produto, com os recursos que o supermercado tiver à disposição: “A área de vendas não pode ser toda igual, homogênea. Mesmo as lojas mais humildes podem investir em um espaço diferenciado para valorizar os seus produtos.’, destaca.

Atacarejo

As lojas de atacarejo (atacado e varejo) estão atraindo um novo público. O público A e B que adotaram os novos costumes, devido à crise, para economizar no orçamento familiar tornando-se um canal de compras importante para todos os níveis socioeconômicos.

Uma pesquisa publicada no Estadão da consultoria Kantar Worldpanel mostra que, no ano passado, 49% das famílias das classes A/B foram ao menos uma vez se abastecer nos atacarejos. A consultoria, que visita semanalmente 11,3 mil domicílios espalhados pelo país para saber onde e como os brasileiros consomem itens básicos, revela que esse resultado supera a média para todos os estratos sociais e da classe C, que foi de 39%. Também ficou muito acima do obtido para as camadas mais pobres. Em 2015, quase um terço dos lares das classes D/E compraram no atacarejo.

Via Estadão

Via Estadão

Devido a atual situação dos atacarejos, algumas mudanças estão sendo inseridas no setor. É possível encontrar uma grande variedade de produtos naturais, diferenciados, sofisticados e multinacionais. “Circulando na loja você não tem a impressão de que está numa loja de atacado.”, conta André Francez Nassar, presidente do Grupo MGB, que possui a bandeira de atacarejo Giga.

Deixe um comentário

Feira de Milão 2016 apresenta ideias incríveis e criativas em suas instalações

A Feira de Milão, também conhecida como Salão do Móvel de Milão, aconteceu nos dias 12 a 17 de abril.  A feira é reconhecida mundialmente como uma das mais importantes feiras de design e criação em móveis e objetos. Nessa edição de 2016 foram apresentadas ideias incríveis e criativas. Uma inspiração em visual merchandising & store design.

Nike

O projeto foi realizado com 10 designers convidados pela marca. Explorando e questionando as noções de mobilidade e movimento, a exposição “The Nature of Motion”, além dos tradicionais tênis, apresentaram também móveis e objetos de decoração.

Feira de Milão 2016_Nike (1)

Via CASAMIX

Feira de Milão 2016_Nike (3)

Via CASAMIX

Kartell

A marca italiana esteve presente com sua instalação nomeada de “Talking Minds”. Os últimos lançamentos da marca foram apresentados em espaços coloridos e vibrantes onde homenagearam os seus designers consagrados: Antonio Citterio, Ferruccio Laviani, Piero Lissoni, Alberto Meda, Alessandro Mendini, Fabio Novembre, Eugeni Quitllet, Philippe Starck, Patricia Urquiola e Tokujin Yoshioka. Além dos lançamentos e novidades, a marca comemorou o vigésimo aniversário do lançamento de sua cadeira Maui, criada em 1996 por Vico Masgistretti, no qual ocupa a posição de mais vendida pela marca.

Kartell Milão 2016 (1)

Via Inexhibit

Kartell Milão 2016 (2)

Via Inexhibit

Kartell Milão 2016 (3)

Via Inexhibit

COS

A marca que pertence ao grupo sueco H&M, apresentou a instalação “Forest of Light” realizado por Sou Fujimoto, o arquiteto japonês usou perspectiva e contraste (espaço negativo/positivo) para criar uma interação com o público.

COS Milão 2016 (1)

Via Dezeen

COS Milão 2016 (2)

Via Dezeen

Hermés

A marca de luxo apresentou a “Collections for the home 2016-2017″ de forma irreverente e criativa. O conjunto foi composto de mobiliário, acessórios, sofá, cadeiras, bandejas, cobertores, telas e um armário. A marca aplicou a ideia de “balanço”, através de cordas e sistemas de polia que penduravam suas peças.

Hermès Milão 2016 (1)

Via designboom

Hermès Milão 2016 (2)

Via designboom

Hermès Milão 2016 (3)

Via designboom

La Rinascente

A famosa loja de departamento italiana trouxe a instalação de Hella Jongerius e Louise Schouwenberg em parceria com a galeria inglesa Sepentine Galleries. O espaço brincou com o contaste entre luz e sombras, objetos novos e imagens desvanecidas. A leitura do verdadeiro valor de uma peça de design foi explorada oferecendo meios alternativos e evocando perguntas.

La Rinascente Milão 2016 (1)

Via designboom

La Rinascente Milão 2016 (2)

Via designboom

La Rinascente Milão 2016 (3)

Via designboom

Lexus

A marca de carros japonesa contou com a criatividade do estúdio de design italiano Formafantasma de Andre Trimarchi e Simone Farrasin, para mostrar a essência da tecnologia inovadora da célula de combustível de hidrogênio “fuel cell” através da sua instalação tridimensional.

Lexus Milão 2016 (1)

Via designboom

Lexus Milão 2016 (2)

Via designboom

Lexus Milão 2016 (3)

Via designboom

Deixe um comentário

O RDI Brasil no LATAM RETAIL SHOW

O RDI Brasil no LATAM RETAIL SHOW

Neste ano o Retail Design Institute Brasil se fará presente no evento mais importante do varejo no Brasil, o LATAM RETAIL SHOW, que acontecerá nos dias 23 a 25 de agosto de 2016, no Expo Center Norte em São Paulo, sob organização e produção da GS&MD – Gouvêa de Souza.

Vamos selecionar alguns cases de nossos associados e parceiros do RDI Brasil para participar da exposição e espaço de palestras do evento. A seleção dos cases será realizada pela curadoria do evento, que conta com a colaboração do nosso Vice-Presidente do RDI Brasil, Manoel Alves Lima.

A exposição vai acontecer em um espaço de palestras dedicado a fornecedores e prestadores de serviço, dentro do LATAM RETAIL SHOW, em apresentações de 20 minutos. O material do case deverá conter: breve descrição da marca, seu posicionamento, objetivos alcançados com o projeto e resultados.

A exposição deve ser acompanhada de imagens com desenhos e fotos (obrigatório). A presença e participação do cliente é recomendável.

A escolha dos cases será definida pelos seguintes quesitos:

  • Inovação
  • Criatividade
  • Qualidade do projeto
  • Relevância da Marca

Os candidatos devem declarar sua intenção de participar até o dia 23 de maio de 2016, enviando uma descrição do case para o e- mail com.mkt@retaildesigninstitute.com.br com cópia para mlima@falzonialveslima.com.br

Os escolhidos serão anunciados no dia 01 de Junho de 2016.

Saiba mais sobre o evento no site oficial: http://www.latamretailshow.com.br

Deixe um comentário

ENTREVISTA COM O ASSOCIADO

marcos-morroneMarcos Marrone, secretário do RDI Brasil, é sócio-diretor da Design Novarejo, empresa fundada em 1990 e especializada no desenvolvimento de conceitos de espaços comerciais com ênfase em design, layout e arquitetura de interiores. É bacharel em Comunicação Visual e Desenho Industrial pela FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado. Sua experiência no varejo é de mais de 30 anos, na qual realizou projetos para as maiores redes de hiper e supermercados do Brasil, da América do Sul e da Europa, bem como para home centers em todo Brasil.

JUMBO
- Quando a rede chilena de Hipermercados propôs a ideia de aderir um perfil de Supermercados, quais foram os maiores desafios para a realização desse projeto?

Inicialmente, o Grupo Cencosud, a 2ª maior varejista da América Latina, nos contratou para um projeto desenvolvido no Chile, para ser alinhando na Argentina, Colômbia, Peru, e posteriormente, no Brasil. Era mais do que um projeto de PDV, onde o desafio maior foi adaptar o projeto em diversos países, na parte estrutural e operacional, mantendo a mesma linguagem. O projeto era de um supermercado, de aproximadamente 3.000 m², para um público mais elitizado. O principal desafio foi desenvolver fornecedores de acordo com as características específicas de cada país. Por exemplo, no Chile e Peru, teria que ser um projeto que fosse adequado às características de uma região de sismo. Na Argentina, havia restrições de se usar fornecedores e fabricantes locais, na época. No Chile, por ter uma taxa de imposto baixo, era possível trazer produtos, acessórios e equipamentos de fora. E um problema de impostos muito sério no Brasil.

Trabalhamos o projeto de forma completa: layout, comunicação visual, merchandising, ambientação, iluminação (juntamente com o escritório Mingrone), mobiliário, arquitetura, interna e externa, e na parte técnica com a assessoria do escritório Mingrone que estão acostumados com os sismos. Trabalhamos também com o apoio de informações dos arquitetos e designers chilenos.

A Novarejo é um escritório que está há 25 anos no mercado, com arquitetos e designers super capacitados e que trabalham de uma forma específica para o varejo. Eles pesquisam vários temas, vão a feiras e têm um domínio sobre o todo o processo de projeto. Então, o desafio maior foi realizar a padronização e alinhamento da marca em vários países. Por exemplo, a rede Jumbo já era uma marca usada na Argentina, e no Peru outra bandeira chamada Wong tinha uma presença muito forte no mercado, portanto não se poderia mudar para uma bandeira Jumbo. O mesmo aconteceu no Brasil, onde foi usada a bandeira Perini, pois a marca Jumbo já era patenteada por outra rede varejista. Mesmo mantendo algumas bandeiras diferentes, alinhamos marcas e cores, mantendo a apresentação das lojas de forma uniforme.

Foi um projeto que, além de ficarmos satisfeitos com o resultado, aprendemos muito na dinâmica de alinhar várias bandeiras com a marca principal, traduzindo o branding no espaço de venda.

P1150482

DSC00335

P1150399

MANGO SMOOTHIES
- Conte-nos sobre essa mudança da Mango Smoothies que trouxe mais vendas e uma maior percepção pelo consumidor, projeto vencedor do prêmio RDI 2015 na categoria quiosque de alimentação.

O Mango Smoothies é um quiosque localizado em Shopping, onde o foco foi oferecer uma alimentação saudável com ingredientes naturais como salmão, salada com carpaccio, etc. O quiosque anterior, não se comunicava com a marca e não permitia interação do cliente na visualização dos produtos oferecidos, por conta do layout. O cliente mostrou a vontade de querer ter um pouco mais de autosserviço e assim pudemos trabalhar o layout de forma simples, onde o cliente pudesse ter a visualização do preparo de sua comida, podendo escolher o produto. Essa foi a nossa preocupação, que o cliente conseguisse perceber a qualidade dos produtos.

Nós melhoramos a operação de várias maneiras: tiramos a fila que ficava perto de uma escada, tornando a experiência muito mais confortável para o cliente, colocamos um monitor para que a marca pudesse comunicar ao público seus produtos e promoções, como sopa no inverno e açaí no verão e criamos uma comunicação modular que podia ser trocada de acordo com os dias da semana. O branding visual foi alterado, tornando-se mais atraente e utilizando-se de materiais e formas que tinham mais a ver com o produto, como transparência através de vidro e bancadas para apoio.

Percebemos com isso, um aumento de 25% na venda dos produtos de preparo e de 50% nos produtos de autosserviço. O novo quiosque, que ocupou o mesmo lugar do anterior, com o mesmo público, mesmo foco de produto, teve uma mudança perceptível de performance somente com o trabalho de design. Tudo muito prático e simples. Em virtude do resultado, o cliente alterou a tagline anterior no logo para a frase “saudável Express”, um ponto muito interessante no resultado final do projeto.

3º Prêmio de Design de Varejo - Retail Institute - Mango Smoothies - Design Novarejo

3º Prêmio de Design de Varejo - Retail Institute - Mango Smoothies - Design Novarejo

3º Prêmio de Design de Varejo - Retail Institute - Mango Smoothies - Design Novarejo

MAMBO EXPRESS
- O projeto Mambo Express, que tem a missão, visão e valores voltados para a sustentabilidade, foi o vencedor do prêmio RDI 2015 na categoria comunicação visual, quais foram os pontos mais desafiantes desse projeto?

O Mambo é uma rede familiar que atendemos há mais de 10 anos e, como vários dos nossos clientes, temos uma relação longeva. Primeiro, fizemos um reposicionamento da loja Mambo, começando com um alinhamento da marca e depois com uma revisão da parte gráfica. Iniciamos a nova geração das lojas Mambo até que surgiu um momento de ter uma nova geração de projetos, onde pudemos trabalhar de uma forma mais completa.

Com o avanço das propostas, começamos a trabalhar de forma diferente as bandeiras, deixando o Giga na categoria atacado e o Mambo na categoria supermercado. No decorrer do processo, o cliente sentiu a necessidade de ter lojas mais compactas, caminho que todos os varejistas estavam seguindo, para estarem mais próximos dos consumidores de bairro. Foi estudado junto com a Novarejo alguns formatos de lojas, até que surgiu o Mambo Express, onde usamos a experiência que tivemos com o Dia % e outras lojas compactas. Então, junto com o cliente, desenvolvemos o projeto final com todas as disciplinas: layout, mobiliário, comunicação visual, suporte complementar, ambientação, iluminação mais pontual, etc.

Foi um projeto muito prazeroso e, como se tratava de uma empresa familiar, tivemos uma satisfação de estar desfrutando o sucesso com eles, de estar crescendo junto com eles, de estar ajudando a definir o caminho de crescimento deles. É bom estarmos junto com o cliente e vê-lo crescer sabendo que estamos fazendo parte disso. Então, mais do que ser simplesmente um projeto, acho que o Mambo Express representa tudo isso.

3º Prêmio de Design de Varejo - Retail Institute - Mambo Express- Design Novarejo

3º Prêmio de Design de Varejo - Retail Institute - Mambo Express- Design Novarejo

3º Prêmio de Design de Varejo - Retail Institute - Mambo Express- Design Novarejo

CARREFOUR BAIRRO MORUMBI
- Quais foram as novidades do projeto Carrefour Bairro Morumbi vencedor do prêmio RDI 2015 na categoria supermercados?

O Carrefour Bairro Morumbi foi outra experiência prazerosa, onde pudemos desenvolver várias bandeiras: Carrefour Planet, a loja de vizinhança Carrefour Express e o Carrefour Bairro, que é um seguimento intermediário, por exemplo. O Carrefour Bairro tem uma linha de produtos bastante extensa em um espaço mais compacto. A apresentação de loja é menos detalhada que a de um supermercado normal, sem ser informal e mais básica como um hipermercado. Assim, chegamos a uma comunicação intermediária em que o layout também foi um ponto muito forte de desenvolvimento de trabalho. Trabalhamos a comunicação visual de forma mais humana e suave, com uma iluminação correta e linhas retas, sempre dando foco ao produto e deixando-o falar por si. A comunicação externa e interna foi trabalhada de forma simples e direta, mantendo a cara de Carrefour de uma forma mais suave e muito mais agradável do que o Carrefour vinha trabalhando nos anos anteriores.

Foi um exercício muito grande no sentido de buscar o equilíbrio, ser minimalista sem deixar de dar atenção a iluminação e exposição e, continuar a ser uma loja agradável e prática para o consumidor. Tanto para o consumidor que queira “degustar” a loja, quanto para o consumidor que queira fazer uma compra mais rápida.

Todos esses projetos mostram muito a diversificação que a Novarejo tem no sentido de atuar em vários formatos: desde grandes projetos como a rede internacional Cencosud até um quiosque como o Mambo Express. Essas abrangências de escopo de projeto, bem como o trabalho em equipe, são muito significativas na atuação da Novarejo. Uma tradução da materialização do nosso conhecimento em projetos de varejo.

3º Prêmio Retail Design Institute - Carrefour Morumbi Bairro - Design Novarejo

3º Prêmio Retail Design Institute - Carrefour Morumbi Bairro - Design Novarejo

Carrefour Bairro Morumbi_03

Todos esses projetos mostram muito a diversificação que a Novarejo tem no sentido de atuar em vários formatos: desde grandes projetos como a rede internacional Cencosud até um quiosque como o Mambo Express. Essas abrangências de escopo de projeto, bem como o trabalho em equipe, são muito significativas na atuação da Novarejo. Uma tradução da materialização do nosso conhecimento em projetos de varejo.

Deixe um comentário

FAST Gerenciadora completa 6 anos

FAST Gerenciadora completa 6 anos

FAST Gerenciadora e Construtora celebra sexto aniversário no melhor momento de toda a sua trajetória. Mesmo diante do cenário desfavorável, empresa já entregou mais de 400 lojas – e vive expansão interna e externa.

A crise econômica não conteve a constante evolução da FAST Gerenciadora e Construtora, que neste fevereiro está completando seis anos de atuação. Mesmo diante de um quadro recessivo, a empresa dobrou seu número de funcionários em 2015 e realizou a construção de 75 lojas ao longo do ano – a maioria em shopping centers, e muitas trazendo à FAST projetos de grandes dimensões.

A expansão pelo Brasil inteiro da rede Camicado, notória marca de casa & decoração, contou com a parceria da FAST, que, entre diversas construções, finalizou o ano com uma loja no Bourbon Shopping São Paulo, entregue em apenas 25 dias de obra.

Ano passado, a FAST também concretizou projetos que foram premiados, como as duas flagships do Ponto Frio no Rio e em São Paulo – respectivamente em Ipanema e no shopping JK Iguatemi.

Já entre os novos clientes conquistados em 2015, destacam-se as parcerias consolidadas com a Polishop, marca de comércio multicanal, e a Pandora, referência no comércio de joias. Para a primeira, a construtora entregou uma loja em Salvador em plena agitação do Carnaval baiano. Para a segunda, um trabalho que surpreendeu na execução de uma loja em apenas 15 dias no mês de dezembro – em São Luís, no Maranhão.

Mais uma prova de que a FAST consegue atender com qualidade em todas as regiões do país.

NOVOS MERCADOS

Construtora que já é referência na execução de lojas de shopping, a FAST começou a atender um segmento novo em 2015: hotelaria.

E começou em grande estilo – uma reforma grandiosa no HOTEL PULLMAN, DO GRUPO ACCOR, em Guarulhos-SP. A obra abrangia lobby, recepção, restaurantes e o centro de convenções do hotel, numa área de mais de 2.000 metros quadrados. E a FAST ainda concluiu a obra antes do prazo previsto.

QUALIDADE DE DENTRO PARA FORA

Mas as novidades não se limitaram às obras entregues. De modo a solidificar ainda mais a qualidade no relacionamento com seus clientes, a FAST investiu em 2015 numa consultoria empresarial e num coach para seus executivos, com análise e desenho de processos, tudo computadorizado, visando a aprimorar seus controles internos.

E esse trabalho de autodesenvolvimento não para. Em 2016, a FAST vai implantar um sistema de meritocracia entre seus próprios funcionários, como reconhecimento para aqueles que mais se empenham pelos bons resultados, além de investir na capacitação da equipe, com treinamentos técnicos e de gestão.

Não é para menos que, comemorando seu sexto aniversário, a FAST já tem a satisfação de ter entregue mais de 400 lojas – em quase todos os Estados brasileiros. Nesse ritmo, logo a empresa estará celebrando sua entrega de número 500. Quem sabe no final deste ano?

SOBRE A FAST

Fundada em 2010 em São Paulo, a FAST GERENCIADORA e CONSTRUTORA é especializada na construção de lojas de shopping centers e outras obras rápidas. A empresa tem como clientes grandes marcas presentes nos maiores e mais sofisticados centros comerciais do país, como Nike, Lacoste, Lupo, Boticário, Kopenhagen, Havaianas, Hering, Diesel, Vivara, Cecilia Dale, Oi, Saraiva, Arezzo, Camicado, Ponto Frio e Polishop, entre outras. A FAST é dirigida por Felipe Magrini, diretor de orçamentos, Fabio Eid, diretor de vendas, Sylvio Corrêa, diretor de obras, e Eduardo Aguiar, diretor administrativo. A empresa está localizada no bairro da Vila Leopoldina, em São Paulo.

Siga a FAST no Facebook: www.facebook.com/fastgerenciadoraeconstrutora

Acesse: www.fastgerenciadora.com.br

 

Deixe um comentário

Millennials, Tecnologia e Retail Design

Os Millennials, a geração que nasceu entre 1980 a 2000, têm feito o mercado refletir e rever a forma de comunicar e expor produtos. Este novo consumidor se caracteriza por ser mais exigente e totalmente ligado a tecnologia.

Há quem fale que não se trata de uma geração, mas sim de um novo comportamento de consumo, que envolvem pessoas de diferentes idades. Mas a questão é que este mercado tem movimentado U$ 600 bilhões por ano,  segundo um estudo global realizado pela Goldman Sachs.

Este consumidor busca produtos e serviços funcionais, feito para ele, do jeito dele e se estiver satisfeito, além de fidelizar um cliente, você adquiri um porta-voz que irá comunicar para toda sua base de amigos virtuais.

Em parceria com o IED-SP, Manoel Alves Lima, vice presidente do RDI Brasil, participou de um bate papo sobre millennials, varejo e tecnologia, no começo desse mês.  A partir de suas percepções e referências trazidas da NRF Big Show 2016, trouxe reflexões sobre Marcas que têm atraído esse novo consumidor.

NORMAL
newnrml.com

_ 1Normal (1)

A Normal, que acaba de abrir sua Flagship no Chelsea em Nova Iorque, que leva o conceito de customização muito a sério. A ideia é vender um produto único, feito por encomenda – um headphone impresso em 3D que se adéqua ao seu ouvido e sua orelha.

TRUNK CLUB
trunkclub.com

_2Trunk Club

Uma marca americana onde o cliente decide aonde e quando comprar. Como funciona? Primeiro você se inscreve para conhecer o seu fashion stylist. Depois de concluir a análise sobre o seu estilo, esse fashion stylist irá selecionar roupas de acordo com o seu tamanho, estilo e preferências. Na sequência, esse profissional irá fazer uma curadoria e seleção de roupas e enviar uma pré-visualização on-line. Após a revisão dos itens pelo cliente, uma caixa com os produtos será enviada pelo correio. O cliente tem até 10 dias para experimentar as peças e ver o que vai comprar de fato e só aí fazer o pagamento, podendo devolver as peças que não forem aproveitadas.

ROUGH TRADE
roughtrade.com

_3Rough Trade
Um espaço inusitado no Brooklyn, Estados Unidos, onde a lendária inglesa Rough Trade mistura livros, discos, shows de música, jogos etc. e onde a tribo que curte a marca pode se não só comprar produtos, mas também encontrar pessoas e se divertir.

MUJI
muji.com

_4Muji (1)

A nova loja da MUJI na quinta avenida, em Nova Iorque, encanta o consumidor através de uma curadoria de produtos e de uma personalização de experiências, destinadas a envolver todos os sentidos.

STARBUCKS RESERVE
roastery.starbucks.com/reserve

-5Starbucks Reserve

 

O conceito premium Starbucks Reserve traz para a loja no Brooklyn, nos Estados Unidos, um cruzamento entre um clube privado e um laboratório de química. Baristas interagem com os clientes e oferecem cinco métodos de infusão de cafés, que encantam os gostos diferenciados dos clientes.

SHINOLA
shinola.com

-6Shinola
A marca americana de Detroit Shinola se posiciona não só como fabricante de produtos de qualidade, do feito à mão e coleções colaborativas. Mas sim de uma marca que vende um estilo de vida, acima de tudo.

 

 

Deixe um comentário

Page 1 of 121234510...Last »

Junte-se a nós!

O Retail Design Institute é uma associação internacional, fundada nos Estados Unidos, que congrega profissionais ligados à criação e projeto de imagens para o varejo.
Como se associar » Beneficios »

Fornecedores Premium

Tradutor

Translate »