Blog

Arquivos Mensais: abril 2017

Novo escritório sustentável e jovem do Mercado Livre

Seguindo a tendência mundial de escritórios mais abertos e flexíveis, voltados para uma geração cada vez mais tecnológica e que busca transparência, a empresa Mercado Livre, que é uma das maiores redes de e-commerce do Brasil, inovou com o seu novo escritório em Osasco (SP).  A obra foi um investimento de R$ 105 milhões, após uma série de aquisições que expandiram o quadro de pessoal aqui no país.

A nova sede conta com 33.000m², onde 17.ooom² são ocupados pelo escritório e o restante fica para o estacionamento e o jardim.

size_960_16_9_por-dentro-da-nova-cidade-do-mercado-livre29

Via Exame

Os escritórios são inspirado nos campus do Vale do Silício, região dos EUA, são sustentáveis e têm capacidade para até 2.000 colaboradores, que trabalham em ambientes joviais, abertos e compartilhados.

sede-mercado-livre-sp-01

Via Casa Vogue

Via Goobec

Via Goobec

Via Goobec

Via Goobec

A ”Melicidade” – como é batizado o novo espaço de 33.000 m2  - foi desenvolvida pelo escritório brasileiro Athié Wohnrath em parceria com as arquitetas argentinas Paula Elia e Milagros Irastorza, do escritório Estudio EI,e tem foco total em um ambiente “universitário”, onde o projeto é estruturado a partir de uma avenida central,  dividido em galpões com fachadas de vidro, que aproveitam da luz natural. Entre os destaques de sustentabilidade, está a implantação de um potente sistema para captação de energia fotovoltaica.

sede-mercado-livre-sp-04

Via Divulgação

As partes internas têm um projeto arquitetônico ousado, moderno e convidativo, trazendo ainda mais cor ao ambiente.

mercado-livre-11

Via Goobec

O escritório é composto por 2.000 placas solares, para captar a energia solar e 2.800 lâmpadas de LED, que evitam desperdício e ajudam o meio-ambiente.

2 Comentários

ENTREVISTA COM O ASSOCIADO

unnamed (3)

Miguel Góes é arquiteto formado pela FAUUSP (1987), constituiu a MGoes Arquitetura+Design em 2010 reunindo arquitetos e designers, com os quais elabora projetos para clientes como Unilever, Bayer, Banco Original, entre outros; moldando o escopo de trabalho às necessidades e peculiaridades de cada cliente, criando e desenvolvendo desde objetos à edifícios.

Miguel é associado do RDI Brasil e recentemente desenvolveu, junto com os arquitetos Mario Tavares, Cecília Góes, ambos coordenadores, Gabriel Blanco, Priscilla Bernovitz, Rafael Igayara e a designer Ana Carolina Caldas Fernandes, o projeto de carrinho/quiosque para a marca de sorvetes americana Ben & Jerry’s.

 BEN & JERRY’S

unnamed (1)

1- Qual foi a sua inspiração para a criação do projeto?
O cliente pedia um veículo, uma loja sobre rodas. Pensamos em um design diferenciado, em não utilizar um veículo existente, mesclando texturas e elementos da marca Ben&Jerry’s com veículos icônicos, de certa forma vintage, que têm relação com o universo da marca. Tinha ainda que ter um aspecto lúdico e “fun”. Outra fonte de inspiração foram os elementos de identidade e visual merchandising que já eram empregados por nós nas lojas da marca.


2- Quais foram os materiais utilizados?
Fundamentalmente usamos a telha ondulada como pano de fundo. Nas lojas da marca, esse material remete às construções rurais, os celeiros, os estábulos e  os silos. Sobre a textura ondulada, aplicamos cores e a iconografia da marca de forma sobreposta, criando uma linguagem de recortes e colagem.

unnamed

3- Quais os desafios enfrentados para a criação do projeto?
Em primeiro lugar, o prazo. Com o tempo correndo, fizemos uma concepção relâmpago, aprovada aqui e pela matriz da Ben&Jerry’s. Em segundo lugar, acomodar em um espaço mínimo um programa completo de equipamentos e acessórios. O programa de necessidades e equipamentos sofreu acréscimos ao longo do caminho. Funcionalmente é um programa complexo com instalações elétricas e hidráulicas refinadas, com freezers, estoque, exaustão, saída de calor para compressor, contenção para dreno e possíveis vazamentos. Subcontratamos e coordenamos os projetos complementares. O “veículo” deveria ainda ser facilmente transportável e manejável, pensado para transporte e instalação em pontos de venda remotos. E, finalmente, o custo. Uma das diretrizes foi trabalharmos com total atenção ao custos de fabricação e instalação.

4- Teve algum pedido especial feito pelo cliente?
O cliente solicitou uma loja “sobre rodas”, mas que não pudesse ser de forma nenhuma identificada como um veículo real, remetendo a uma marca existente de automóveis.

unnamed (2)

 5- Qual foi o conceito de Comunicação Visual aplicado?
Usamos elementos de identidade visual que já eram empregados por nós nas lojas da marca, com o máximo destaque para a Woody Cow e as montanhas de Vermont, todos aplicados como colagem sobre a textura de telhas e cores vivas do universo visual da marca.

6- O que o projeto significou para a empresa/você?
Temos contribuído sistematicamente com elementos específicos para as lojas que projetamos para a marca. Foram já doze lojas até o presente momento. Ao longo desse processo, incorporamos elementos que têm sido utilizados pelo mundo afora. Este projeto, que é integralmente inventado por nós, marca um passo importante no relacionamento com o cliente Ben & Jerry´s.

 

1 Comentário

Feira de Milão 2017 dominada pela tecnologia

A famosa Feira de Milão ou Salão Internacional do Móvel de Milão aconteceu entre os dias 4 e 9 de Abril e trouxe consigo uma série de novidades envolvendo a tecnologia.

SAMSUNG

samsungmilao

Via Design Fórum

A marca fez parceria com um dos maiores escritórios de arquitetura da atualidade, o Zaha Hadid Architets, pra trazer um design moderno, com traços arredondados, comparado ao design do novo aparelho Galaxy S8, para os salões do evento. Por ter instalações interativas, os visitantes tinham a possibilidade de utilizar o aparelho para desenhar e, assim que o desenho estivesse pronto, bastava arrastar os dedos para que saísse da pequena tela e passasse à uma enorme tela que compõe a instalação.

 

LG

lgmilao

Via Casa Vogue

A marca, em parceria com o designer Tokujin Yoshioka, utilizou o Superstudio Più para celebrar seu 70 anos. Com uma das maiores instalações, a marca veio com  a exposição S.F (Sese of the Future) que usa de uma tecnologia recém lançada, OLED, para compor um ambiente futurista.

AGC

agc

Via Casa Vogue

A fabricante de vidro AGC veio com a mostra Touch, também no Superstudio Più. Inspirados em smartphones, a fabricante em parceria com Jim Kuramoto e o estúdio de design Raw-Edges, desenvolveu vidros que podem ser tocados, assim como as telas dos celulares dos visitantes, para que houvesse uma experiência quanto os diferentes tipos de texturas.

 

PANASONIC

Salone2017_photothumb

Via Panasonic

Em parceria com a GO ON, os artesãos de Quioto aplicaram técnicas da arte japonesa para criar novos designs inspiradores com encanto internacional e contemporâneo. Com tema “Eletronics Meets Crafts”, a Panasonic juntou alto-falantes vibrantes, lâmpadas LED feitas com têxteis que interagem com uma mesa de aquecimento por indução e uma tecnologia de ponta em áudio e imagem, fazendo com que os visitantes tivessem experiências com a imaginação e os cinco sentidos.

 

1 Comentário

Novidades em Milão

Na semana que o Salão de Milão agita o mundo do Design, confira alguns projetos de lojas que abriram recentemente na cidade.

Philipp Plein

philipp-plein-via-montenapoleone-6-20140625011608

via Philipp Plein

1484570997_rett-1280x628

Via GQ

Aberta em janeiro deste ano, a Philipp Plein foi desenvolvida pela firma italiana de arquitetura CLS. A loja, que junta os conceitos da Philipp Plein + Plein Sport, tem 600m² e três andares. Conta com  telas ledwall animadas com desfiles e campanhas, que podem ser vistas da rua. Entre os materiais e elementos de decoração da loja, encontram-se hexágonos metálicos, jet black CRYSTALLIZED ™ – Swarovski Elements que compõem um maxi crânio, piso de mármore preto, móveis minimalistas e paredes de concreto cru. Um Pilar-lustre em cascata, que se derrama sobre do assoalho superior, é composto por 30.000 pedras suspendidas irregulares de vidro de Murano.
No piso térreo, pode-se achar os acessórios PHILIPP PLEIN (sapatos, artigos de couro,etc ), parede Big Boys Toys, portal para a seção PLEIN SPORT, com corrida de cyber manequins e sapatos de levitação em uma atmosfera de ginástica de luxo.
No primeiro andar,  provador com pisos de couro preto, paredes de seda, quadros de madeira brilhante e uma série de rifles de assalto suspenso no teto. No terraço Central Plein Garden, o Air Force Plein Bar, serve champanhe, cocktails e caviar em um jet privado.
Já no segundo andar, como ponto focal, uma Lamborghini Miura, original, 1970, verde dá o tom do espetáculo.

Marséll Paradise Milano

paradise_large04

Via Marséll Store

5874213d5f28e

Via Marséll

A sofisticada marca de sapatos Marsell abriu recentemente no bairro residencial de Lazio, em MIlão, uma loja mais descolada, desenhada pelo diretor criativo Mirko Rizzi. Tem um design clean, contemporâneo e funcional. O projeto conta também  com grandes janelas e claraboias, que permitem que a luz solar ilumine os pontos focais da loja, trazendo mais luz à determinadas seções.

 

Nikelab

Mailand-61

via Freshness

nikelab-milan-opening-01jpg

via Sneaker Zi

A NikeLab abriu em setembro de 2016 com projeto do designer Arthur Huang. Totalmente funcional, a loja conta com um sistema de reciclagem e despejo de materiais que auxiliam na preservação do meio-ambiente.
O espaço é usado para amostras artísticas e exposições de artistas italianos famosos.


Deixe um comentário

Regulamento do 5° Prêmio Design de Varejo

Documento

Fornecedores Premium

Apoio

Junte-se a nós!

O Retail Design Institute é uma associação internacional, fundada nos Estados Unidos, que congrega profissionais ligados à criação e projeto de imagens para o varejo.
Como se associar » Beneficios »

Translate:

Translate »