Blog

Arquivo da categoria: Visual Merchandising

ENTREVISTA COM O ASSOCIADO

unnamed (3)

Miguel Góes é arquiteto formado pela FAUUSP (1987), constituiu a MGoes Arquitetura+Design em 2010 reunindo arquitetos e designers, com os quais elabora projetos para clientes como Unilever, Bayer, Banco Original, entre outros; moldando o escopo de trabalho às necessidades e peculiaridades de cada cliente, criando e desenvolvendo desde objetos à edifícios.

Miguel é associado do RDI Brasil e recentemente desenvolveu, junto com os arquitetos Mario Tavares, Cecília Góes, ambos coordenadores, Gabriel Blanco, Priscilla Bernovitz, Rafael Igayara e a designer Ana Carolina Caldas Fernandes, o projeto de carrinho/quiosque para a marca de sorvetes americana Ben & Jerry’s.

 BEN & JERRY’S

unnamed (1)

1- Qual foi a sua inspiração para a criação do projeto?
O cliente pedia um veículo, uma loja sobre rodas. Pensamos em um design diferenciado, em não utilizar um veículo existente, mesclando texturas e elementos da marca Ben&Jerry’s com veículos icônicos, de certa forma vintage, que têm relação com o universo da marca. Tinha ainda que ter um aspecto lúdico e “fun”. Outra fonte de inspiração foram os elementos de identidade e visual merchandising que já eram empregados por nós nas lojas da marca.


2- Quais foram os materiais utilizados?
Fundamentalmente usamos a telha ondulada como pano de fundo. Nas lojas da marca, esse material remete às construções rurais, os celeiros, os estábulos e  os silos. Sobre a textura ondulada, aplicamos cores e a iconografia da marca de forma sobreposta, criando uma linguagem de recortes e colagem.

unnamed

3- Quais os desafios enfrentados para a criação do projeto?
Em primeiro lugar, o prazo. Com o tempo correndo, fizemos uma concepção relâmpago, aprovada aqui e pela matriz da Ben&Jerry’s. Em segundo lugar, acomodar em um espaço mínimo um programa completo de equipamentos e acessórios. O programa de necessidades e equipamentos sofreu acréscimos ao longo do caminho. Funcionalmente é um programa complexo com instalações elétricas e hidráulicas refinadas, com freezers, estoque, exaustão, saída de calor para compressor, contenção para dreno e possíveis vazamentos. Subcontratamos e coordenamos os projetos complementares. O “veículo” deveria ainda ser facilmente transportável e manejável, pensado para transporte e instalação em pontos de venda remotos. E, finalmente, o custo. Uma das diretrizes foi trabalharmos com total atenção ao custos de fabricação e instalação.

4- Teve algum pedido especial feito pelo cliente?
O cliente solicitou uma loja “sobre rodas”, mas que não pudesse ser de forma nenhuma identificada como um veículo real, remetendo a uma marca existente de automóveis.

unnamed (2)

 5- Qual foi o conceito de Comunicação Visual aplicado?
Usamos elementos de identidade visual que já eram empregados por nós nas lojas da marca, com o máximo destaque para a Woody Cow e as montanhas de Vermont, todos aplicados como colagem sobre a textura de telhas e cores vivas do universo visual da marca.

6- O que o projeto significou para a empresa/você?
Temos contribuído sistematicamente com elementos específicos para as lojas que projetamos para a marca. Foram já doze lojas até o presente momento. Ao longo desse processo, incorporamos elementos que têm sido utilizados pelo mundo afora. Este projeto, que é integralmente inventado por nós, marca um passo importante no relacionamento com o cliente Ben & Jerry´s.

 

1 Comentário

Marcas de esporte elevam a experiência de compra

Os consumidores de hoje, independente da idade, estão cada vez mais preocupados com um estilo de vida mais saudável. As marcas de esporte especializadas, de olho nesse crescente mercado de vida saudável e bem estar e, na competição entre marcas de moda, estão investindo e desenvolvendo espaços de varejo que vão além da simples compra e venda de produtos.
Elas estão criando espaços de experiência e interação com seus produtos, engajando o cliente de forma inovadora através de teste de produtos, integração digital, customização de produtos, serviços diferenciados, etc, Com isso, algumas marcas estão reinventando a experiência de compra em suas lojas físicas, através de um design flexível que mostre as últimas tendências tecnológicas e tentando criar espaços de interação e curadoria de produtos, que não podem ser recriado no ambiente online. Assim, algumas marcas de esporte estão conseguindo transformar seus pontos de venda em locais de entretenimento, experimentação e serviços, proporcionando experiências únicas ao consumidor.

Nike Soho

A nova loja da Nike no Soho em Nova Iorque, aberta no final de 2016, traz três zonas de experiência do consumidor com o esporte: Nike + Basketball Trial Zone, Nike + Running Trial Zone e Nike + Football Trial Zone, onde além dos clientes poderem vivenciar a atividade esportiva, podem salvar e interagir com seus produtos preferidos digitalmente através do aplicativo Nike+.

Via hypebeast

Via hypebeast

Via hypebeast

Via hypebeast

Adidas Brand Center 5th Avenue

A super flagship store de mais de 4mil m² que inaugurou em Dezembro passado na Quinta Avenida, também em Nova Iorque, oferece uma experiência de compra diferenciada com uma ambientação que lembra os estádios, além de loja de sucos e plataformas de personalização de produtos.
Via Business Insider

Via Business Insider

Via Business Insider

Via Business Insider

Lululemon Lab Soho NYC

A marca canadense, que segue o movimento “Athleisure “, que une a roupa para prática de esportes com um estilo de vida de moda esportiva, abriu em 2016 também no Soho, em Nova Iorque, uma loja laboratório, que além de vender seus produtos, incorpora estúdios onde jovens designers locais produzem suas peças exclusivas ao alcance dos olhos do consumidor final.
Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Footlocker Flagship Store Herald Square

Também em 2016, a Footlocker inaugurou a flagship store Herald Square, em Nova Iorque – em frente a icônica loja de departamentos Macy’s -, com um layout organizado por marcas e não por categoria de produtos, que proporciona a seus clientes curadoria especial de produtos, customização de peças e o que há de melhor em novidades de produtos esportivos. O redesenho da loja é parte da estratégia da empresa de ser local destino para a cultura “sneaker” oferecendo os lançamentos mais antenados em termos de tênis, vestuário e acessórios de marcas consagradas mundialmente.
Divulgação

Divulgação

Via Creative Magazine

Via Creative Magazine

NBA Flagship Store 5th Avenue

A loja aberta no final de 2015 é um parque de diversões para os fanáticos da liga americana de basquete (NBA). A cenografia da loja brinca com bolas de baquete, além de espaço para customização de peças, games interativos com seu ídolo preferido, etc.
Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Reebok Fit Hub

Iniciado em 2013, o conceito inovador da Reebok “Fit Hub” incentiva o consumidor a praticar esporte, oferendo produtos premium, aulas de ginástica gratuita no interior da loja, além de demostrações das mais novas tecnologias de produtos esportivos no “Fit Desk”.
Via Trinity Building and Construction

Via Trinity Building and Construction

Via GrayWolf Live

Via GrayWolf Live

Divulgação

Divulgação

 

1 Comentário

Estúdio Anacã Morumbi Town: primeira academia de dança dentro de um shopping

Estúdio Anacã Morumbi Town: primeira academia de dança dentro de um shopping

Fast_Niver_7anos_mailMKT_01

A FAST Gerenciadora e Construtora nossa parceira, foi responsável pela obra do Estúdio Anacã, projeto do Estúdio Lina de Arquitetura, primeira academia de dança dentro de um shopping, no recém inaugurado Morumbi Town em São Paulo.

estudio_anaca_lina_fast_rdi_brasil

estudio_anaca_lina_fast_rdi_brasil

A Anacã buscava para sua nova unidade uma revolução e atualização do conceito uma vez que, como escola, visa levar e elevar a dança de qualidade a todas as idades. O conceito industrial serviu de neutralidade e brutalidade, contrapondo-se a leveza e fluidez da dança, usando na simplicidade do espaço, um ambiente para permitir a interligação de todos os gêneros, faixas etárias, estilos e públicos. Por esse motivo, foram utilizados elementos pontuais inspirados na dança: a iluminação diferenciada, um lustre helicoidal, os caixilhos recortados, as cores vibrantes, a escada com escorregador, o palco, arquibancada e a iluminação natural, trazendo movimento a esse estilo tão minimalista.

estudio_anaca_lina_fast_rdi_brasil

estudio_anaca_lina_fast_rdi_brasil

estudio_anaca_lina_fast_rdi_brasil

O ponto máximo do projeto são as salas de aula, que estão dão para a fachada envidraçada, sucedida por um grande vazio de iluminação do shopping. Isso proporciona uma libertação de paredes convencionais, proporcionando aos expectadores que estão nos corredores do shopping, um espetáculo de silhuetas. Os locais de atendimento ao público ficam devidamente instalados no centro da escola para dar apoio aos alunos, com circulações amplas para facilitar o acesso, além de contar com um café e um terraço para confraternização dos alunos, professores e familiares, que é um ponto muito forte e de sucesso da escola. Além disso, o projeto possui outro diferencial: o mezanino no andar superior, que serve tanto para aulas com um número maior de alunos, como para espetáculos. A arquibancada confortável trás informalidade ao local e ao mesmo tempo é convidativa para quem quer apreciar o que a escola tem de melhor: a dança.

estudio_anaca_lina_fast_rdi_brasil

estudio_anaca_lina_fast_rdi_brasil

estudio_anaca_lina_fast_rdi_brasil

estudio_anaca_lina_fast_rdi_brasil

estudio_anaca_lina_fast_rdi_brasil

estudio_anaca_lina_fast_rdi_brasil

estudio_anaca_lina_fast_rdi_brasil

estudio_anaca_lina_fast_rdi_brasil

1 Comentário

A nova loja conceito da NEW ERA D-LAB em Los Angeles

Via Whatelsemag

Via Whatelsemag

A marca de bonés New Era inaugurou em janeiro/2017 sua nova loja conceito, projetada pelo escritório Vizwerks, está localizada em frente ao STAPLES Center, em Los Angeles, na Califórnia. O novo universo “New Era for You” batizada de New Era D-Lab, foi pensado para que todos pudessem projetar sua própria marca.

Via Whatelsemag

Via Whatelsemag

Via Whatelsemag

Via Whatelsemag

A loja inclui serviços exclusivos e personalizados, como por exemplo, o “The Blocking Machine” que tem a função de modelar o boné adquirido na loja, bem como os antigos modelos na cabeça da pessoa, gerando um caimento perfeito e confortável, e o “The Heat Geal Machine” em que se podem personalizar os logos e as estampas na mesma hora, inspirados em parcerias, realizações esportivas e eventos especiais.

Via Whatelsemag

Via Whatelsemag

A marca conseguiu reunir todo o seu Life Style em uma única loja, reunindo principalmente o legado esportivo com a NFL, MLB e NBA. Além de seus produtos e serviços, a área VIP dentro da loja podem ser usadas pelos atletas para realizar colaborações especiais, incluindo design exclusivo e produtos específicos.

Via Whatelsemag

Via Whatelsemag

Deixe um comentário

Flagship stores: perfeita integração de experiência e iluminação

O varejo segue novos caminhos de acordo com a demanda de seus públicos e com as inovações tecnológicas disponíveis. Nesse cenário, as flagship stores delineiam os conceitos das marcas, endossando seu posicionamento e proporcionando uma fascinante experiência para o consumidor.

O termo refere-se às lojas conceito que guiam as demais lojas, oferecem experiências únicas que reforçam os valores da marca. Portanto, todos os detalhes são cruciais para compor o ambiente e traduzir a identidade da marca. Um desses fatores é a iluminação, essencial para valorizar os produtos, ressaltar as cores adequadas, tornar o espaço convidativo, acolhedor, estimulante e integrar a decoração.

Um exemplo de Flagship de sucesso é o novo projeto da L’Occitane en Provence. A marca, que completou 40 anos em 2016, inaugurou sua primeira loja recentemente, totalmente voltada à experiência sensorial  no Shopping Iguatemi São Paulo.

L’Occitane_omega_light_rdi_brasil

L’Occitane_omega_light_rdi_brasil

O projeto original da loja de 85m² – cerca do dobro das demais lojas – foi desenvolvido por Joseph Abed, arquiteto da rede e nacionalizado pela FigoliRavecca. Todo o espaço é inspirado na Provença, região no sul da França onde a marca nasceu, em 1976.

A identidade visual fica por conta de um mosaico de porcelanato com as cores da marca no piso, ilustrações assinadas por Karen Hofstetter e Eliane Goes e uma luminária decorativa desenvolvida especialmente para esse projeto, que referencia o sol da Provença. Além da iluminação decorativa, projetores LED com altíssima eficiência e facho preciso valorizam e destacam os produtos. No mobiliário, luminárias lineares em perfil de alumínio, também com tecnologia LED, delimitam contornos e planos iluminados. Os produtos de iluminação são todos da Ômega Light , empresa parceira do RDI Brasil.

L’Occitane_omega_light_rdi_brasil

L’Occitane_omega_light_rdi_brasil

Outro exemplo é a Flagship store da Riachuelo, em Ipanema , no Rio de Janeiro, inaugurada em 2015.  A loja-conceito ocupa um endereço icônico, onde antes ficava a tradicional sorveteria Chaika. Como homenagem, uma bancada e um painel com o nome da sorveteria, completam a decoração da loja.

Riachuelo_Ipanema_omega_light_rdi_brasil

Riachuelo_Ipanema_omega_light_rdi_brasil

Esse é mais um projeto de Flagship store que integra a experiência de compra com a iluminação de forma surpreendente. O projeto de arquitetura foi desenvolvido pela FAL Design Estratégico e o projeto luminotécnico pela Conforto Visual. O lighting designer Rafael Leão explica que as luminárias lineares conduzem o observador aos principais acessos da loja, como o elevador e as escadas para os pavimentos superiores. As linhas resolvem a iluminação ambiente e também promovem alguns destaques ao longo do trajeto, através de pequenas luminárias de facho concentrado dispostas em seu interior.

A loja, que possui jardins verticais, sistema de reuso de águas pluviais, rede de ar condicionado eficiente e iluminação inteiramente em LED de alta eficácia, está apta à certificação LEED Gold (Leadership in Energy and Environmental Design), reconhecimento emitido pelo U.S Green Building Council (USGBC). Todos os produtos de iluminação também ficaram a cargo da Ômega Light.

Riachuelo_Ipanema_omega_light_rdi_brasil

Riachuelo_Ipanema_omega_light_rdi_brasil

Riachuelo_Ipanema_omega_light_rdi_brasil

Riachuelo_Ipanema_omega_light_rdi_brasil

Riachuelo_Ipanema_omega_light_rdi_brasil

Deixe um comentário

A nova Pop-Up Store da Vans Outlet

vans_outlet_teodoro_sampaio_pinheiros_acampoi_arquitetura_movment_rdi_brasil

O novo projeto de Pop-Up Store da Vans Outlet, localizado na rua Teodoro Sampaio, em Pinheiros, São Paulo, foi desenvolvido pelo escritório Acampoi Arquitetura. O mobiliário da loja foi desenvolvido e produzido pela nossa parceira do RDI Brasil, a MovMent.

A Vans Outlet teve como premissa o conceito de loja Pop-Up, tendo como maior desafio a modificação mínima do local. Assim, em sua composição de projeto, soluções como: forro aparente, vitrine aberta, piso único e mobiliário com utilização de madeira OSB, são soluções que facilitam a rápida mudança da loja, além de traduzir o conceito da marca com a linguagem street.

vans_outlet_teodoro_sampaio_pinheiros_acampoi_arquitetura_movment_rdi_brasil

vans_outlet_teodoro_sampaio_pinheiros_acampoi_arquitetura_movment_rdi_brasil

vans_outlet_teodoro_sampaio_pinheiros_acampoi_arquitetura_movment_rdi_brasil

O conceito de exposição também foi pensado para uma loja Pop-Up tendo painéis de parede autoportantes que se fecham como uma “caixa”, facilitando a locomoção e transporte. Além disso, tanto o mobiliário de parede, quanto o de piso, têm uma grande capacidade para  estoque de calçados e vestuário,  além de possuir sistemas de rodizio para facilitar a locomoção.

A aplicação e seleção dos materiais foram pensadas de forma a traduzir o espírito da marca : como o piso remetendo ao concreto, o metal dos mobiliários e a madeira OSB crua que, em conjunto com a cor preta da marca, traduzem uma linguagem skateboard / street para o conceito da loja. A madeira OSB – Oriented Strand Board utilizada nos mobiliários é considerada produto “verde” já que é produzida de florestas renováveis de pinus, uma preocupação da marca com a questão do meio ambiente.

vans_outlet_teodoro_sampaio_pinheiros_acampoi_arquitetura_movment_rdi_brasil

vans_outlet_teodoro_sampaio_pinheiros_acampoi_arquitetura_movment_rdi_brasil

vans_outlet_teodoro_sampaio_pinheiros_acampoi_arquitetura_movment_rdi_brasil

Deixe um comentário

Store Tour NYC na NRF Retail’s Big Show 2017

Confiram algumas lojas de varejo, na região de Nova Iorque, nas áreas de alimentação, Luxo | Moda | Beleza e Omnichannel | Tecnologia, que abriram em 2016.

store_tour_nyc_food_rdi_blog

 

 

BOWERY MARKET; 348 Bowery, East Village

BOWERY MARKET 348 Bowery, East Village
5 marcas fazem parte desse novo espaço de alimentação em NYC ambientado em uma antiga oficina de carros.

WHOLE FOODS WILLIAMSBURG; 238 Bedford Avenue, Williamsburg

WHOLE FOODS WILLIAMSBURG 238 Bedford Avenue, Williamsburg
Uma nova loja Whole Foods de 4.740 m2 abriu em Williamburg, impulsionada por marcas locais do Brooklyn.

GANSEVOORT MARKET; 353 w 14th Street, Meatpacking

GANSEVOORT MARKET  353 w 14th Street, Meatpacking
Um novo local para o Gansevoort Market, com novas atrações e curadoria especial de produtos locais.

KELLOGG'S NYC; 1600 Broadway, Times Square

KELLOGG’S NYC | 1600 Broadway, Times Square
Um bar de cereais é a primeira loja física de produtos da Kellogg´s que oferece mais de 10 tipos diferentes de pratos de cereal “gourmet”.

luxury fashion

LULULEMON ATHLETICA LAB; 50 Bond Street, Noho

LULULEMON ATHLETICA LAB  50 Bond Street, Noho
A marca canadense Lululemon Atlética abriu a seu primeira “loja-laboratório” de aproximadamente 270m2, que traz em um mesmo local além dos produtos da loja, um estúdio de peças customizadas.

CADILLAC HOUSE; 330 Hudson St., Greenwich Village

CADILLAC HOUSE 330 Hudson St., Greenwich Village
A Cadillac abriu uma loja física onde é possível experienciar a marca em toda a sua dimensão, em um espaço integrado de galeria de arte e café.

SAKS FIFTH AVENUE; Brookfield Place - 230 Vessey Street, Battery Park

SAKS FIFTH AVENUE  Brookfield Place – 230 Vessey Street, Battery Park
A Saks Fifth Avenue abriu uma loja mais compacta com novo conceito no shopping Brookfield Place, que mais parece uma boutique do que uma loja de departamentos.

BARNEY'S; 101 7th Avenue, Chelsea

BARNEY’S  101 7th Avenue, Chelsea
Projetada pelo escritório Steven Harris Architects, a Barney´s Chelsea retorna ao seu local de origem e traz uma moderna loja de 5 andares que se interligam através de uma escultórica escada em espiral.

CREDO BEAUTY; 9 Prince St., Nolita

CREDO BEAUTY  9 Prince St., Nolita
A marca de cosméticos 100% naturais Credo de São Francisco, abre sua primeira loja de 83 m2 em Nolita, prometendo trazer o movimento “Clean Beauty “ para discussão na cidade.

THE ROW; 17 E 17st St, Upper East Side

THE ROW  17 E 17st St, Upper East Side
A marca The Row , das atrizes gêmeas de Hollywood Mary Kate e Ashley Olsen, abre sua primeira loja na costa leste dos Estados Unidos. Experiência, produtos de moda de qualidade e ambiente calmo e agradável fazem parte do novo conceito.

ZARA; 503 Broadway, Soho

ZARA  :
A Zara abre sua primeira loja no Soho com provadores “inteligentes” e tecnológicos.

TARGET; 225 Greenwich Street, Tribeca

TARGET  225 Greenwich Street, Tribeca
A Target abre em Tribeca uma loja compacta com venda de mobiliário para espaços reduzidos e um café Chobani para entreter seus consumidores.

Via Thaddeus Rombauer

Via Thaddeus Rombauer

BERGDORF GOODMAN | 754 Fifth Ave
O arquiteto Michael Newman redesenhou o andar térreo com uma séries de salões, como o Luxury Room para designers de bolsas e jóias e o Pavillion para novos designers de bolsas e óculos.

omni tech

SONOS; 101 Greene St., Soho

SONOS  101 Greene St., Soho
A marca de auto falantes de alta tecnologia Sonos abre a sua primeira loja no Soho para elevar a experiência da marca.

SAMSUNG 873; 873 Whashington Street, Meatpacking

SAMSUNG 873  873 Washington Street, Meatpacking
A Samsung também traz a manifestação física e experiencial da marca, através de sua nova loja showroom no Meatpacking District.

APPLE; 247 Bedford Avenue, Williamsburg, Brooklyn

APPLE  247 Bedford Avenue, Williamsburg, Brooklyn
A Apple abriu sua primeira loja no Brooklyn, com projeto da empresa de arquitetura bohlin cywinski jackson em uma vizinhança com herança industrial .

PIRCH; 200 Latayette Street, Soho

PIRCH |
Pirch, um showroom de marcas Premium para decoração de interiores, faz sua estreia no Soho, com um conceito de varejo inovador e autêntico de experimentação de seus produtos.

Deixe um comentário

Novo Eataly no Shopping Westfield NYC

Novo Eataly no Shopping Westfield NYC

Uma nova loja do Eataly com 4 mil m2, com projeto gerenciado pelo arquiteto Carlo Piglione, foi inaugurada em 2016 dentro do também recente Shopping Westfield no World Trade Center Torre 4, em Nova York.  Assim como nas outras lojas da rede ao redor do mundo, o espaço é dividido por seções: restaurantes, cafés, produtos italianos, frutas e verduras, queijos, etc. O Bar de Saladas, Le Insalate, é uma das novidades da loja que também possui o espaço Foodiversitá, que oferece aulas gratuitas de culinária durante o dia.

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

“Em outros Eatalys, o mercado e os restaurantes estão todos integrados. No entanto, este espaço foi um desafio por causa da construção existente. Tivemos que colocar restaurantes de um lado e varejo do outro. Embora, inicialmente, tenha apresentado um desafio no início, o projeto se tornou gratificante só pelas vistas incríveis do Memorial e One World Trade. O que inicialmente parecia uma desvantagem, acabou por ser uma coisa fantástica e incrível que agora todo mundo tem a oportunidade de ter essa experiência. Eles podem ver e sentir a incrível história desta área.” disse Carlo Piglione.

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

Via Gamberorosso

Deixe um comentário

ENTREVISTA COM O ASSOCIADO

Solange_Renault_rdi_brasilSOLANGE VILLANUEVA RENAULT, é arquiteta formada pela FAUSP e sócia diretora da A6 Arquitetura + Design, juntamente com sua também colega de FAU, a arquiteta Iara Jatene. A A6 foi uma das primeiras empresas especializada em Arquitetura de Varejo no Brasil. Ambas, Solange e Iara são associadas do Retail Design Institute Brasil desde sua formação. Solange é também VP de Arquitetura da atual gestão do POPAI BRASIL, professora da pós graduação da IBEVAR, Sócia fundadora da ABIESV – Associação da Indústria e Serviços do Varejo e palestrante na FGV, Couromoda, entre outros.

A A6 teve sua origem em 1982 e desde então tem atuado de forma diferenciada, proporcionando soluções integradas em arquitetura, comunicação visual e identidade corporativa. Com a expertise adquirida em mais de 1000 projetos realizados, a A6 oferece soluções completas que abraçam todas as áreas relativas à imagem de um empreendimento.

Rhino

RHINO_A6_design_Solange_Renault_rdi_brasil

Qual foi a sua inspiração para a criação do projeto?
Nos inspiramos nos jovens que têm pouco tempo, se preocupam com comida saudável, leve e prática. Com toda a personalidade, querem “fazer do meu jeito” e gostam de ambiente descontraído.

Quais foram os materiais utilizados?
Utilizamos madeira no balcão frontal, inox em toda a área de produção e bancadas, e cerâmica turquesa como revestimento. A escolha dos materiais traz um ar de estar em casa, de forma moderna e jovem.

RHINO_A6_design_Solange_Renault_rdi_brasil

RHINO_A6_design_Solange_Renault_rdi_brasil

RHINO_A6_design_Solange_Renault_rdi_brasil

Quais foram os desafios enfrentados?
O grande desafio foi criar em conjunto com o cliente, um novo negócio de alimentação. O projeto abrangeu escolha de nome, logomarca, arquitetura e ambientação da loja. A operação concentrada num espaço linear necessitou estudos operacionais. O objetivo foi desenvolver um modelo de operação eficiente tanto para a escolha do produto pelo cliente, quanto para o colaborador interno, proporcionando a facilidade de reprodução do modelo de negócio, pois a empresa tem planos de expansão.

Teve algum pedido especial feito pelo cliente?
Os empresários queriam que o cliente se aproximasse e visualize os produtos com facilidade. Por ter experiência em alimentação gourmet, acreditavam no potencial de atração e encantamento do produto, que é montado na frente do cliente. Os empresários são jovens e assim colocaram sua expectativa de criar um personagem com a marca, e que este personagem pudesse “conversar” com o cliente.

RHINO_A6_design_Solange_Renault_rdi_brasil

RHINO_A6_design_Solange_Renault_rdi_brasil

Qual foi o conceito de Visual Merchandising aplicado?
Criamos um ambiente acolhedor e que demonstrasse profissionalismo, com uma identidade própria, em um pequeno espaço. O conceito do projeto é se comunicar com o público jovem e ser “descomplicado”. Interagindo com o cliente, utilizamos o rinoceronte e o passarinho na marca que explicam a forma de montagem do lanche. Complementando o conceito jovem, utilizamos iluminação de Led sobre o balcão e para criar atração visual, uma linha de iluminação indireta em toda a parte superior no fundo da loja.

O que o projeto significou para a empresa/você?
Participar do nascimento de um projeto completo, que abrange a interação de todos os elementos de comunicação do cliente, é sempre um presente para nossa empresa. É um grande desafio e um grande prazer vê-lo concretizado e com sucesso!

Floral Atlanta

Floral_Atlanta_A6_design_Solange_Renault_rdi_brasil

Qual foi a sua inspiração para a criação do projeto?
Nos inspiramos nos armazéns antigos, onde os produtos eram expostos de forma casual, criando um ambiente único, personalizado, onde o cliente ao percorrer vai descobrindo e se encantando com os produtos.

Quais foram os materiais utilizados?
Utilizamos pintura, revestimento cerâmico tipo tijolo, cimento queimado, ladrilho hidráulico e as esquadrias em aço corten. Como é uma loja de objetos para arranjos florais é importante que esteja integrada com a natureza e, para isso, foram projetadas amplas janelas, por onde entra luz natural e fazem a conexão da loja com os grandes jardins projetados do lado de fora. O forro é simples e neutralizado através de pintura grafite e o ar condicionado é aparente.

Floral_Atlanta_A6_design_Solange_Renault_rdi_brasil

Floral_Atlanta_A6_design_Solange_Renault_rdi_brasil

Floral_Atlanta_A6_design_Solange_Renault_rdi_brasil

Quais foram os desafios enfrentados?
Transformar o galpão, utilizado para depósito dos produtos, em uma loja atraente que fosse bem visível no entorno e se destacasse na rua.

Teve algum pedido especial feito pelo cliente?
Demonstrar a grande diversidade de produtos, criar um espaço para workshops com grandes profissionais de decoração de mesas e festas para inspirar e ensinar os clientes e, facilitar a saída de produtos quando vendidos em grande quantidade pelo depósito.

Floral_Atlanta_A6_design_Solange_Renault_rdi_brasil

Floral_Atlanta_A6_design_Solange_Renault_rdi_brasil

Qual foi o conceito de Visual Merchandising aplicado?
O conceito foi criar um ambiente inspirador de criatividade para o cliente, que toca com facilidade os produtos e pode fazer a montagem da decoração que imaginar. O conceito de exposição apresentar a exposição do produto em volume, tanto na parede, quanto principalmente nas mesas centrais da loja, onde são combinados de forma criativa, lembrando um mercado onde o cliente interage, descobre e se encanta com aquilo que vê. Nas paredes estão expostos os produtos de linha fixa e nas mesas, distribuídas na área central, estão expostos os produtos de coleção.

A variedade de mobiliário central e a desestruturação fazem parte do conceito da loja. A iluminação cenográfica foi pensada de forma a reforçar o conceito criativo do ambiente e evidenciar os pontos focais e mesas. Uma grande grelha metálica fixada logo abaixo do forro distribui as luminárias e lâmpadas no ambiente. Na área periférica da grelha são fixados spots direcionáveis para destacar os produtos expostos nas paredes.

Sobre as mesas, existem luminárias pendentes tipo panelas que complementam o ar descontraído do projeto. No centro da loja foram utilizados tubo leds (sem luminária) pendurados em várias alturas, que em contraste com o forro escuro, proporcionam um efeito inusitado e curioso ao ambiente.

O que o projeto significou para a empresa/você?
Uma oportunidade de desenvolver um projeto descontraído, informal e criativo, utilizando soluções despojadas e a experiência de projetar uma iluminação mais solta e menos padronizada.

1 Comentário

A primeira loja da Dove em Paris

A Dove, criada há 60 anos, inaugurou em novembro na cidade luz, em Paris, na França, o primeiro ponto de venda temporário e exclusivo para os produtos da marca. O conceito escolhido foi “Real Beleza, Real Cuidado” (Real Beauty from Real Care), um paraíso de pluralidade da beleza e bem estar, dedicado a mulheres de todas as partes do mundo.

Via comunicadores

Via comunicadores

Via comunicadores

Via comunicadores

Via comunicadores

Via comunicadores

“Queremos criar um espaço em que seja possível conhecer as mulheres pessoalmente e oferecer a elas uma imersão total no mundo Dove”, afirmou em comunicado Sophie Galvani, vice-presidente global de Dove.

Além dos produtos tradicionais, a loja comercializa as inovações presentes somente no mercado japonês. É também possível personalizar produtos da marca por meio de um processo de mixologia com extratos esfoliantes e fragrâncias. Uma edição limitada para cada produto.

Via comunicadores

Via comunicadores

Via comunicadores

Via comunicadores

Via comunicadores

Via comunicadores

Via comunicadores

Via comunicadores

Via comunicadores

Via comunicadores

Via comunicadores

 

Deixe um comentário

Page 1 of 612345...Last »

Fornecedores Premium

Apoio

Junte-se a nós!

O Retail Design Institute é uma associação internacional, fundada nos Estados Unidos, que congrega profissionais ligados à criação e projeto de imagens para o varejo.
Como se associar » Beneficios »

Tradutor

Translate »